Feira Cultural de Ceilândia tem edição online nos dias 14 e 28 de novembro

por Nanci Araújo

Idealizada e realizada anualmente pela Artecei Produções e Nanci Araújo, a Feira Cultural de Ceilândia é um espaço de forte interação entre espectadores e artistas expoentes da periferia do Distrito Federal. Se destaca como uma grande feira que valoriza a economia criativa e a diversidade cultural ceilandense e nacional, reunindo artistas e brincantes de distintas manifestações e ritmos, perpassando música, poesia e teatro popular. Suas 5 edições anteriores, com show e feira solidária, ocuparam a Casa do Cantador, Praça do Cidadão e Praça do Trabalhador de Ceilândia.

HISTÓRICO

A primeira edição da Feira Cultural de Ceilândia aconteceu em 2012, com a participação de inúmeros parceiros da música e da cultura popular que movimentam a cidade, junto a barraquinhas de comidas típicas, artesanato e exposições. A união dos parceiros e carinho do público deu força para a segunda edição, em 2013. Cinco anos depois, no início de 2018, as articulações para construir a Feira de forma permanente ganham corpo e o evento cresce, passando a ocupar a Praça do Cidadão, a Praça do Trabalhador e a Casa do Cantador.

6ª EDIÇÃO ON-LINE – 14 E 28 DE NOVEMBRO DE 2020

Em sua 6ª edição, a Feira Cultural de Ceilândia promove mais um encontro de diversidades. Dessa vez, a programação chega em formato on-line e ao vivo, nos dias 14 e 28 de novembro. Em cada dia, oito atrações locais e convidados nacionais apresentam diferentes ritmos e tradições culturais, perpassando samba, rap, repente, sertanejo, forró, reggae e teatro de mamulengo. Entre as atrações principais está o rap-embolada de RAPadura Xique-Chico e o espetáculo-show da cantora mineira Bia Ferreira.

No dia 14 de novembro, a programação inicia com o grupo de teatro de bonecos Mamulengo Fuzuê, às 15h. Depois, segue sábado adentro até às 21h, com apresentações dos artistas locais Som de Classe, Lília Diniz, Japão (Viela 17), Paraibola, Guig e Fuzuê Candango. Às 20h25, entra no palco on-line a cantora e compositora mineira Bia Ferreira, fechando o primeiro dia de apresentações.

Em seu espetáculo-show, Bia Ferreira e banda apresentam o que chamam de Música de Mulher Preta, com composições engajadas no movimento LGBT e antirracista. O repertório autoral permeia sonoridades como Rap, Soul e MPB, apresentando sucessos do álbum “Igreja Lesbiteriana”, como “De Dentro do AP” e “Cota Não é Esmola”, canção manifesto antirracista que conquistou o Brasil.

No dia 28 de novembro, a Feira Cultural de Ceilândia retorna com seu segundo dia de programação, tendo como atração principal o premiado rapper Rapadura Xique-Chico, apresentando a ritmada mistura de rap e embolada, o RAPente. Entre as atrações locais que diversificam o dia 28, estão Marcelo Café, Markos Assunção, Chico de Assis e João Santana, Geração Roots, Caco de Cuia, Taleta de Bambu e André e Adriano.

EDIÇÃO ON-LINE

Respeitando os protocolos sanitários devido à pandemia do Covid-19, todos os shows da 6ª Feira Cultural de Ceilândia serão realizados em formato on-line. As transmissões serão ao vivo, pelo canal da Artecei Produções, sempre de 15h às 21h. Para prestigiar a programação, basta acessar www.bit.ly/youtubeartecei ou digitar Artecei Produções na barra de pesquisa do Youtube.

SERVIÇO

6ª Feira Cultural de Ceilândia – edição on-line

Quando: 14 e 28 de novembro (sábados)

Horário: 15h às 21h

Onde: canal Artecei no Youtube – www.bit.ly/youtubeartecei

Acesso: gratuito

Classificação indicativa: livre.

Related Articles