Em greve, funcionários dos Correios ocupam terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Brasília

Categoria paralisou parte das atividades em 18 de agosto; mobilização é nacional. Terminal aéreo do DF é um dos principais do país

Funcionários dos Correios do Distrito Federal e Entorno ocupam, desde as 4h desta quarta-feira (2), o Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Brasilia – um dos principais do país, responsável pelo transporte aéreo de mercadorias.

Os trabalhadores dos Correios estão no 16º dia consecutivo de greve, em todo o Brasil, contra a privatização da estatal, e já paralisaram outros centros de operações no país. A categoria cruzou os braços no dia 18 de agosto.

Com a ocupação desta quarta-feira, toda a malha aérea dos Correios no Distrito Federal fica paralisada. O G1 entrou em contato com a Inframerica, concessionária que administra o terminal, e com os Correios, e aguardava um posicionamento até a publicação desta reportagem.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, que está acompanhando a ocupação,o protesto acontece de forma pacífica e sem previsão de término.

De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, a estatal retirou, desde agosto, 70 cláusulas do acordo coletivo que teria vigência até 2021, conforme dissídio coletivo no Tribunal Superior do Trabalho.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Em greve, funcionários dos Correios ocupam terminal de cargas do Aeroporto de Brasília
Em greve, funcionários dos Correios ocupam terminal de cargas do Aeroporto de Brasília

“Foram retirados direitos como 30% do adicional de risco, vale alimentação, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, pagamento de adicional noturno e horas extras”.

Em última audiência realizada pelo TST a direção dos Correios recusou a proposta do Tribunal Superior na tentativa de encerrar a greve.

Fonte: G1

Related Articles