Empresários ligados ao MBL são presos por lavagem de dinheiro, diz MP

Operação policial prendeu membros do MBL, segundo o MP - Polícia Civil
Operação policial prendeu membros do MBL, segundo o MP

A Polícia Civil de São Paulo prendeu na manhã de hoje dois empresários ligados ao MBL (Movimento Brasil Livre) por suspeita de envolvimento no desvio de mais de R$ 400 milhões, segundo informações do Ministério Público Estadual.

O órgão diz que o MBL recebia “doações de forma suspeita” por meio de “cifras ocultas” em uma “confusão jurídica empresarial” com o MRL (Movimento Renovação Liberal). A operação, realizada em conjunto pelo MP e Receita Federal, prendeu Alessander Mônaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso (conhecido pelo pseudônimo Luciano Ayan nas redes sociais), investigados por lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio.

Wanderley Preite Sobrinho e Rafael Bragança

Do UOL, em São Paulo

Related Articles