Debate: Repensando a economia brasileira – Retomar o crescimento e a geração de empregos

Cresce no parlamento brasileiro, assim como em toda a sociedade, o sentimento de que a nossa economia transita próxima ao abismo.  Os porta-vozes do Mercado começam a transmitir uma sensação de forte incerteza quanto ao futuro do País. Antes a reforma das leis trabalhistas desataria os “nós” de nossa economia e geraria oito milhões de empregos. Agora a reforma previdenciária resolveria com seu “trilhão de economia” o problema das contas públicas da Nação. Mas muitos já são os que asseveram que isso será ainda insuficiente e novos cataplasmas já estão sendo expostos nas vitrines dos arautos da austeridade fiscal, como uma verdadeira feira livre dos ativos nacionais.

O governo Bolsonaro, e seu superministro da Economia Paulo “Posto Ipiranga” Guedes, revelam-se completamente prostrados e inertes diante da profunda crise econômica. Nosso povo vai vendo o desemprego aumentando, os serviços públicos se deteriorando, a violência se agravando com o rearmamento inconsequente e irresponsável, o moralismo e o doutrinarismo reacionário da direita acirrando os conflitos no seio da população e uma internacionalização selvagem de nossa economia através da venda de nossos ativos e empresas estatais.

Trava-se nesse momento uma verdadeira guerra contra o povo brasileiro, contra seu patrimônio e seus direitos. Cabe à oposição democrática mobilizar os melhores cérebros da nossa economia, para, junto a sociedade civil organizada, construir alternativas para o desenvolvimento sustentável e com justiça social do nosso Brasil.

Temas como políticas de geração de emprego e defesa do trabalho, o impacto das novas tecnologias sobre a economia e o trabalho e as reformas fiscal, tributária, federativa, do sistema bancário e financeiro e da previdenciária e seguridade social, merecem uma análise mais profunda e fora da “caixinha” da austeridade neoliberal.

Queremos oferecer aos nossos parlamentares e à sociedade visões alternativas ao “contracionismo fiscal” dominante, verdadeira voz única em nossa grande mídia, o que tem gerado uma distorção absoluta no debate sobre a reforma da previdência e sobre os temas econômicos em geral.  A julgar pelo discurso oficial, é a previdência que provoca a crise de nossa economia. Em nenhum momento admite-se a hipótese de que seja exatamente o contrário: a crise econômica e a recessão é que tem gerado a crise da previdência. Nosso objetivo será identificar/construir eixos para o nosso desenvolvimento, que consigam reunir as forças vivas de nossa economia e de nossa sociedade civil e dos parlamentares e partidos da oposição, numa ação convergente e coerente no Congresso Nacional. É preciso romper as amarras da visão única da ortodoxia econômica que está destruindo o nosso futuro.

Urge construirmos uma nova rota econômica capaz de tirar o nosso País da recessão e do desemprego, oferecendo dias melhores para o nosso povo.

 

“Retomar a produção, distribuir a renda, fazer justiça tributária, produzir conhecimento e gerar empregos! ”

Serviço: 

Data: 10 de outubro de 2019 (quinta-feira)

Horário:  09 às 13 horas

Local: Auditório Nereu Ramos – Câmara dos Deputados / Brasília-DF

Realização: Liderança da Minoria e Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) – Câmara dos Deputados

Apoio: Lideranças dos partidos da Minoria e Fundações partidárias

Related Articles

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Últimas atividades

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do DF

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do DF

SCS QD 01 Bloco 1 Ed. Central 6 andar

61 3225-5103

contato@ptdf.org.br