Haddad: “Ninguém pode ser eleito sem apresentar propostas ao povo”

Candidato à presidência afirmou que seu adversário precisa comparecer aos debates e que estaria disposto a ir até uma enfermaria se preciso

 

Em entrevista coletiva concedida à imprensa internacional nesta quarta-feira (10), o candidato à presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, afirmou seu compromisso de “fazer uma campanha propositiva e demarcar as diferenças entre projetos”. O candidato enfatizou que “o futuro do Brasil está em jogo e ninguém pode ser eleito sem apresentar as suas propostas ao povo”.

Haddad afirmou, por outro lado, que seu adversário “precisa participar dos debates” e se disse “disposto a ir até uma enfermaria se for preciso para debater o Brasil”.

O candidato da coligação “O Povo Feliz de Novo” explicou que sua candidatura já conseguiu, até o momento, o apoio de dois importantes partidos para a decisão no segundo turno – o PSOL e o PSB -, e que está em tratativas com o PDT, de Ciro Gomes. Haddad afirmou que, caso consiga congregar esses partidos progressistas, estará dando um recado importante para o país. “Temos confiança que teremos o apoio de todos os democratas do campo popular. Aqueles que defendem direitos sociais, direitos trabalhistas, direitos civis e direitos políticos”, afirmou o petista.

Ele ressaltou que o Brasil não pode perder a oportunidade de dar um basta na escalada de violência que o país está vivendo. “A violência tem que parar e tem que ser pelo voto. Temos que responder com cidadania, civilidade e democracia. Violência não se responde com violência”.

Fernando Haddad concede entrevista internacional
Fotos: Ricardo Stuckert

Related Articles

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Últimas atividades

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do DF

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do DF

SCS QD 01 Bloco 1 Ed. Central 6 andar

61 3225-5103

contato@ptdf.org.br