PT DF repudia demissões em massa de professoras (es) na Universidade Católica e se solidariza com demitidas (os)

NOTA DE REPÚDIO ÀS DEMISSÕES DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE
BRASÍLIA E DE SOLIDARIEDADE ÀS PROFESSORAS E PROFESSORES
DEMITIDAS/OS

O Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal vem a
público manifestar sua indignação e repúdio à demissão coletiva de professoras e
professores da Universidade Católica de Brasília – UCB, ocorrida nos últimos dias, e
prestar solidariedade às e aos profissionais demitidas/os.
Repudiamos de forma veemente a concepção mercadológica de educação
escamoteada nas medidas adotadas pela UCB e outras instituições privadas de ensino
superior que, aproveitando-se do desmonte dos direitos das trabalhadoras e dos
trabalhadores, provocados pela reforma trabalhista, têm realizado demissões
significativas e imotivadas em seus quadros.
O que está em curso no país não é apenas uma crise financeira, que obriga as
instituições a demitirem para salvar suas finanças, mas o avanço de um projeto
neoliberal voraz, que prevê a redução da participação Estado e a privatização dos
setores públicos, a recolonização da economia e o enfraquecimento da classe
trabalhadora.
A aprovação da PEC 55, que congela por 20 anos os investimentos em
educação, saúde e serviços públicos, a reforma do Ensino Médio, a aprovação da Base
Nacional Comum Curricular, a lei da mordaça, os ataques às universidades públicas, a
entrega do pré-sal ao controle estrangeiro, a terceirização da gestão na educação básica
do sistema público, as reformas trabalhista e da previdência, a proibição de abertura de
novas vagas em determinados cursos superiores são apenas alguns dos ataques do
governo ilegítimo que visam à precarização da Educação, criando o cenário propício
aos especuladores do mercado educacional.
O desmonte da Educação não apenas alimenta os interesses do capital, mas
também tem o claro objetivo de desacreditar a população, de modo a resigná-la diante
da perda de direitos e dos retrocessos a que tem sido submetida. A demissão em massa e
imotivada de professoras/es, sobretudo daquelas/es que se destacam como progressistas
e defensoras/es da democracia, fala por si.
O Setorial de Educação do PT DF, fiel à sua trajetória de lutas por uma educação
justa, de qualidade social e para a classe trabalhadora, reitera o repúdio à demissão
coletiva e imotivada de docentes da Universidade Católica de Brasília e, mais que isso,
manifesta sua solidariedade às e aos profissionais demitidas/os e ao movimento
estudantil universitário, que não se deixou abater pela ação nefasta dos dirigentes da
instituição, organizando-se em defesa de suas/seus mestras/es e orientadoras/es.
Saudamos também o Sindicato dos Professores da Escolas Particulares –
SINPROEP DF, incansável na defesa dos direitos das e dos profissionais da educação
do sistema privado de ensino.
Conclamamos à sociedade para que reaja às ações degradantes desse projeto,
que coloca em risco a educação das futuras gerações, e às instituições de ensino
comprometidas com sua missão educativa, para que resistam ao jogo neoliberal e
mantenham seu compromisso ético para com o povo brasileiro e para com a Educação
emancipadora e cidadã.

FORA TEMER!
NENHUM DIREITO A MENOS!
Brasília, 20 de dezembro de 2017
DIRETÓRIO REGIONAL DO PT DF

Related Articles

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Últimas atividades

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do DF

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do DF

SCS QD 01 Bloco 1 Ed. Central 6 andar

61 3225-5103

contato@ptdf.org.br