Todo apoio à greve geral do dia 30 de junho

PT DF chama a militância para aderir à Greve Geral dia 30/6

Mesmo contando com amplo apoio da chamada grande imprensa e de considerável parcela do Judiciário e Ministério Público, a blindagem ao golpe e aos golpistas começa a sofrer fraturas. Pelas suas frestas, começa a transparecer e fica cada dia mais claro para a sociedade que o golpe não era apenas contra uma presidenta eleita pelo povo, mas contra toda a classe trabalhadora.
O governo Temer tem um tripé de sustentação: a retirada de direitos; a entrega do patrimônio público e das riquezas nacionais; e a busca desesperada para estancar a qualquer custo as denúncias de corrupção que pesam contra o presidente e seus principais auxiliares.
Neste momento, o governo Temer não passa de um cadáver político, com popularidade de 2% de aprovação nacional. Mesmo estando em frangalhos, o governo tenta manter seu principal trunfo: uma maioria parlamentar que está cada dia mais insegura sobre o apoio ao golpe e à pauta golpista de retrocessos, que tem como principais pontos a deforma trabalhista e da previdência.
Somente a mobilização popular pode derrotar o governo corrupto de Michel Temer e criar divisões em sua base de apoio no Congresso.
Por isso, a importância das greves e das manifestações públicas, pois é a expressão da indignação popular coletiva que será capaz de restabelecer a democracia, afastar o ilegítimo Michel Temer, convocar eleições diretas já e revogar todos ataques já feitos contra os direitos do povo e da classe trabalhadora.
Diante da certeza de que lutar é o único caminho a seguir, o Partido dos Trabalhadores no Distrito Federal manifesta todo apoio à greve geral de 30 de junho e convoca toda a sua militância a cruzar os braços, se posicionar ao lado dos sindicatos e da CUT e participar das ações previstas pelas diversas categorias que irão paralisar suas atividades.
Fora Temer!
Diretas Já!
Nenhum direito a menos!
Partido dos Trabalhadores – DF
Confira abaixo os locais de mobilização organizados pela CUT Brasília:

Related Articles

Post your comments