Chefes de Estado e autoridades internacionais vêm à posse de Dilma

A posse da presidenta reeleita pelo PT, Dilma Rousseff, será acompanhada de perto por diversos presidentes, vice-presidentes, chanceleres e outros representantes de diversos países. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, responsável por organizar a cerimônia de posse e a recepção das autoridades, 14 chefes de Estado ou de governo e 16 vices-chefes confirmaram presença no evento.

Entre os que comparecerão à solenidade estão o atual chefe de Estado e o presidente eleito do Uruguai, José Mujica e Tabaré Vasquez, a presidenta do Chile, Michelle Bachelet, e o vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden.

Também estarão em Brasília para o evento os presidentes do Paraguai, Horacio Cartes; da Guiné Bissau, José Mario Vaz; da Costa Rica, Luis Guilhermo Solís; do Suriname, Desire Bouterse; da Venezuela, Nicolás Maduro; e do Peru, Ollanta Humala.

Os presidentes do Equador, Nicarágua, Argentina, Angola, China e Rússia encaminharão os vices para participar da posse de Dilma. Além disso, confirmaram presença os primeiros-ministros da Guiné Equatorial, Vicente Ehate Tomi, e da Suécia, Stefan Löfven.

Guatemala, África do Sul, Palestina, México, Irã, República da Guiné, Turquia, Canadá e Coréia do Norte enviarão chanceleres para a solenidade de posse da presidenta Dilma Rousseff.

Também estarão em Brasília para a posse presidencial os diretores-gerais da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo; da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), Irina Bokova; e da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano.

Programação – A posse está prevista para começar às 14h30 do dia 1º de janeiro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. A presidenta Dilma se deslocará, em carro aberto, da Catedral Metropolitana de Brasília ao Congresso Nacional.

Na chegada, Dilma e o vice-presidente Michel Temer serão recebidos pelo presidente do Congresso e o presidente da Câmara dos Deputados. No plenário do Congresso, será feita a assinatura do Termo de Posse.

Em seguida, por volta das 16h30, a presidenta seguirá para o Palácio do Planalto, onde fará pronunciamento à nação. Depois a fala no parlatório, será feita a cerimônia de nomeação dos ministros, no Palácio do Planalto.

Além da programação oficial, o Partido dos Trabalhadores oferecerá diversas apresentações culturais aos militantes. Em um palco montado no gramado atrás da Alameda dos Estados, na Esplanada dos Ministérios, a banda feminina de percussão Maria Vai Casoutras, o rapper brasiliense Gog e a cantora Alcione se apresentarão das 11h às 13h.

Ao sair do Palácio do Planalto para o jantar no Itamaraty, às 18h30, Dilma será conduzida até à altura do palco pelas baterias das escolas de samba Acadêmicos da Asa Norte e da Associação Recreativa Unidos do Cruzeiro (ARUC), ambas da capital federal.

O dia da posse deverá ser encerrado com show da cantora Ellen Oléria, previsto para começar por volta das 18h30. Os militantes poderão acompanhar todo o circuito cumprido pela presidenta através de telões instalados tanto na Praça dos Três Poderes, quanto nas proximidades do Congresso Nacional.

Por Mariana Zoccoli, da Agência PT de Notícias

Related Articles